Imagem capa - Logistica De Um Destination Wedding por EF Cerimonial

Logistica De Um Destination Wedding

Se seu casamento vai acontecer em Búzios, sabemos que pode ser bem diferente de onde você mora já que muitos amigos e familiares terão que viajar para participar do evento, ou seja vão ter que montar um planejamento de logística.

Por isso segue as dicas e informações da EF Cerimonial para ter um Destination Wedding em Búzios de sucesso.



(Foto: Guilherme Tonna)


Como chegar na cidade? 


Armação dos Búzios está localizada a 174km do Rio de Janeiro na Região dos Lagos. O acesso é fácil e prático, podendo chegar por terra, pelo mar ou pelo ar.



(Foto: Maximilly Araujo)


Avião: 


Búzios não possui um aeroporto com infraestrutura para voos comerciais e que atenda a necessidade da maioria das aeronaves fretadas, o mais próximo está localizado na cidade de  Cabo frio, a 30 km da península. O aeroporto é pequeno, mas recebe voos regulares da empresa AZUL vindos de Belo Horizonte, no verão podem aparecer voos oferecidos pela GOL vindos diretamente de São Paulo.

Do aeroporto de Cabo frio á Búzios tem aproximadamente 20 minutos de carro.


Taxi aéreo ou aviões particulares:


Como foi dito anteriormente o aeroporto da cidade é bem pequeno, tendo uma pista para somente para aviões de pequeno porte como voos de jato e táxi aéreos.


Pela Terra: 


Para aqueles que optam em chegar a Búzios pela terra podem escolher entre carro, ônibus ou transfer.


De carro: 

Quem optar vir a cidade de carro, encontrará várias opções de locadoras de veículos tanto no Aeroporto Santos Dumont quanto no Galeão.


Para aqueles que vem do Rio de Janeiro: A travessia começa cruzando a Ponte Rio-Niterói,com acesso a BR-101 e depois a Via Lagos. São aproximadamente duas horas de viagem e é uma rodoviária privatizada, isso quer dizer que vão ter alguns pedágios pelo caminho (os valores variam nos finais de semana, feriados ou épocas de alta circulação). A estrada é muito bem sinalizada o que significa que não é uma estrada de difícil acesso.




#DicaEfCerimonial: Lembrando que finais de semana e dias de feriado o trânsito para a Região dos Lagos pode ficar mais pesado, o que significa que um trajeto que leva duas horas e meia, pode demorar o dobro ou até mais. Por isso procurem sair em horários estratégicos.


De ônibus: 


O trajeto de ônibus até Búzios também é muito tranquilo, eles são operados pela empresa Auto Viação 1001 e partem da Rodoviária Novo Rio e do Aeroporto Galeão, o valor pode variar de R$50 a R$80 (vale a pena conferir no site, onde você pode também comprar as passagens com antecedência). A empresa também disponibiliza linhas regulares partindo de São Paulo e outras regiões diretamente para Cabo Frio e Búzios.


#DicasEFCerimonial: Se no caso vocês chegarem ao aeroporto Galeão, verifique se há ônibus 1001 partindo diretamente para Búzios, assim vocês não precisam ir até a rodoviária Novo Rio, o primeiro ônibus sai às 8 da manhã e o último as 21hrs.

 

De transfer e translados:


Na cidade existem várias empresas que oferecem serviços de traslado para Búzios direto dos aeroportos. Os preços podem variar dependendo do meio de transporte escolhido, entre as opções: micro-ônibus, vans ou carros privados com motoristas.


#DicaEfCerimonial: Essa última opção é ideal para aqueles que tem vários convidados viajando no mesmo voo ou com chegadas no mesmo horário. Podem fechar um pacote de traslado o que acaba saindo mais em conta, além de chegar a Búzios todos juntos. 


Pelo mar: 


Como Búzios é uma península ela está cercada pelo mar, o que facilita a chegada de barcos e lanchas. Caso vocês queiram optar por esse serviço, a Marina de Búzios oferece um espaço para ancorar o barco em segurança.



(Foto: Aloha Fotografia)


Quantos dias ficar na península? 


O tempo indicado é no mínimo 3 dias, dessa forma vocês conseguem ter uma ideia da cidade e o que ela tem para oferecer (vai na nossa matéria Búzios, o destino perfeito e confere as dicas), porém é muito certo que vocês irão embora da cidade com gostinho de quero mais.

Se quiserem explorar um pouquinho mais esse destino incrível, conhecer todas as praias (que são mais de 20), aproveitar os passeios, passear pelas ruas da cidade e ir aos charmosos restaurantes, pelo menos vão precisar de 7 a 10 dias.



(Foto ilustrativa retirada da internet)


Onde posso me hospedar na cidade? 


Uma das primeiras perguntas é sempre “onde vou ficar?” e a resposta é meia automática: perto da praia ou do centro, mas não se apegue a isso. Búzios não é tão grande e tudo é mais ou menos perto, se comparado as capitais. Em qualquer caso isso é possível e com um bom custo-benefício.


*Centro: é a área mais agitada da cidade, perto das baladas, das lojas e dos restaurantes (caso você goste dessa agitação, é o local ideal). O centro abarca a Rua das Pedras, Orla Bardot e a praia da Armação.




*Praias da cidade: As melhores opções são: Praia de Geribá, João Fernandes, Ferradura e Praia da Tartaruga.Todas elas tem pousadas e hotéis de alto nível e com opções pé na areia ou com vistas de tirar o folego.


*Bairros e praias afastadas: É uma ótima opção para aqueles que preferem ficar em praias menos movimentadas e mais afastadas do centro. Ideal para quem procura mais sossego. Entre elas a Praia Rasa e o bairro Marina.




*Airbnb: Para os que preferem alugar uma casa para ficar mais confortável e em família, podem optar por procurar alugar uma casa no Airbnb. Os preços e opções são as mais variadas, cobrindo todos os gostos e preferências.


#DicaEFCerimonial: Vale a pena conferir as ofertas dos hotéis e pousadas, muitas já incluem pacotes fechados para Búzios.


Como se locomover na cidade? 


A península conta com 70km, é uma cidade pequena e muito fácil de se locomover. A maioria das praias estão relativamente próximas e você pode se organizar para ir a duas ou três praias no mesmo dia, ou seja, se você tem um  tempo curto na cidade é super recomendável montar um roterinho de praias e assim conhecer o máximo possível.

A maioria das pistas são de mão dupla e tem vários radares pela cidade e muitas vezes o limite de velocidade é de 40km. Como a cidade conta com apenas uma avenida principal isso costuma gerar grandes engarrafamentos nas épocas de alta temporada e em horários de mais movimentação. Procure sempre conferir no google maps ou gps como estão as ruas da cidade.


De carro: A maneira mais fácil de circular pela cidade é de carro. Para ajudar podem usar o google maps, mas com o passar dos dias vão percebendo que é bem fácil dirigir sem mapa.

Para quem estiver sem carro, o mais comum é alugar um Buggy para se locomover. As diárias podem custar em torno de R$160, o que acaba sendo uma boa opção para aqueles que vem em grupos. Agora se preferem alugar um carro, o ideal é alugar no Rio de Janeiro, já que em Búzios a oferta é menor e em alta temporada pode correr o risco de não conseguir veículos.



(Foto: Guilherme Tonna)


Transporte Público: Para quem não deseja andar de carro e prefere usar o transporte da cidade uma boa alternativa é usar as vans compartilhadas. Elas circulam pela avenida principal de ponta a ponta e costumam parar em lugares bem próximos das praias. A passagem custa R$3,50 e uma caminhada sempre vai ser necessária pra completar o percurso:


Dos pontos de vans até as praias:

10 minutos até João Fernandes

10 minutos até Geribá

15 minutos até Ferradura

15 minutos até Tartaruga


Táxi ou Uber:  O táxi em Búzios é tabelado (a tabela fica fixada nos pontos de táxis). As viagens custam entre R$20, chegando até R$40 e você pode chamar diretamente das pousadas e hotéis ou por telefone, já que eles não ficam parados nas saídas das praias e não ficam circulando pela cidade quando estão sem passageiros.

Para aqueles que tem dúvidas, na cidade existe Uber sim! E é uma ótima opção já que acaba saindo mais em conta, os preços podem variar pelo horário e a alta temporada, mas em média vão gastar entre R$7 a R$20.


Aqua-táxi: Os famosos táxi-barcos, eles são ótimos para percorrer curtas distâncias e assim evitar o trânsito pesado da cidade. O valor vai depender do trecho, mas uma estimativa é de R$15 por pessoa. Os pontos de saída são: Azeda/azedinhas, João Fernandes, Praia dos Ossos e famoso cais localizado na Praia da Armação e só circulam no trecho que liga estas praias.



(Foto ilustrativa retirada da internet)


A pé: Os trajetos mais curtos podem ser feitos tranquilamente a pé, vai ter algumas subidas e descidas no caminho, mas o passeio é bem tranquilo e muito gostoso (em época de alto calor vale levar água e manter-se hidratado). Algumas praias tem pequenas trilhas o que é inevitável fazer a caminhada.


Os gastos: 


Os principais gastos de viajar a Búzios vai depender de vocês. Mas uma coisa é certa: a cidade não é das mais baratas.

Podem encontrar hotéis e pousadas com um bom custo-benefício, mas por outro lado se forem para a cidade com a intenção de comer bem em restaurantes mais famosos, o custo vai ser muito maior.

Os valores das pousadas podem variar de R$130 a R$200 como baratas, mas se quiserem se hospedar em grande estilo e optar por uma pousada perto da praia os preços podem chegar até R$800 ou mais.

Na hora de comer um refeição simples (PF) vai custar mais ou menos entre R$20 e R$40, já se optam por algo mais elaborado os pratos podem custar facilmente R$90. Já na praia os alguns quiosques e restaurantes podem cobrar uma consumação mínima para poder usar as cadeiras e guarda sol, mas se não forem consumir nada, podem alugar as peças por um valor mais baixo.

 

*** Todos os preços são uma estimativa, podendo sofrer alterações em alta temporada.


Ficou com alguma dúvida ou tem alguma outra dica  para organizar a viagem a Búzios? Nos conte aí nos comentários e caso queira ver ou rever mais matérias sobre a cidade, entre em nosso blog.