Imagem capa - Como Escolher o Bolo Ideal: Dicas de Quem Sabe por EF Cerimonial
Dicas

Como Escolher o Bolo Ideal: Dicas de Quem Sabe

Vamos combinar que se tem uma coisa que todo mundo gosta é bolo de casamento, certo? E não tem jeito, o bolo sempre é o rei da mesa de doces! Mas sabemos que na hora de escolher sempre aparecem aquelas duvidas básicas de como ele vai ser, que tamanho o bolo tem que ter, a quantidade de fatias certas... mas calma, é por isso nós da EF Cerimonialjunto com algumas profissionais da área vamos te dar as dicas certas e assim escolher o bolo ideal para o grande dia.


Como escolher o bolo de casamento, definindo orçamento:


Para começo de conversa o primeiro é definir o orçamento já que ele é a base de tudo. Vocês precisam saber o quanto querem e podem investir no bolo.

Respeitar o valor destinado é importantíssimo já que dessa forma vão poder definir tamanho, estilo e especialmente o fornecedor que vai ser escolhido. A maioria dos profissionais costumam ter alguns valores extras que terão que ter em mente, por exemplo, se vocês optarem por detalhes como flores ou acabamentos diferentes (como um bolo com textura) com certeza demandam muito mais trabalho e  isso acaba elevando o valor final do produto. 

 



Não erre na quantidade e no tamanho!


Saber a quantidade de convidados que estarão na festa é a melhor maneira de começar o calculo, dessa forma conseguem definir a quantidade de fatias que o bolo vai ter e seu tamanho ideal.


EF: “Bolo sempre sobra”, como fazer que isso não aconteça? Em porcentagem quantas fatias seria o ideal?


Alicia: Eu digo que antigamente bolo sempre sobrava porque antes não se fazia a conta certa. Porque o ideal é 80% do numero de convidados. Por exemplo, um casamento com 100 convidados coloca-se 80 fatias de bolo. Essa é a quantidade ideal para que não tenham uma sobra exagerada, pode até sobrar para o dia seguinte que os noivos até ficam na casa após o casamento, especialmente em Búzios e sempre é bom ter um pedaço do bolo pra comer no dia seguinte




#DicaEFCerimonial: como falamos ter mais ou menos uma quantidade de convidados definidos vai ajudar na hora de escolher o tamanho do bolo, já que o preço pode variar de acordo com número de andares e peso e lembre-se que cada confeiteiro tem uma forma diferente para calcular o tamanho do bolo, para não ficar na dúvida vale perguntar logo na primeira reunião qual é a forma que ele utiliza.

 

 E a altura do bolo?


Uma dica sobre como escolher a altura do bolo é pensar na altura dos noivos. Por exemplo, se os noivos forem baixinhos vai ficar meio estranho um bolo tamanho gigante do lado, claro que isso não quer dizer que não possam escolher um bolo de muitos andares, mas acaba ficando em desarmonia e na hora da foto parece que está tudo desproporcional.



(Fotos: Ello Wedding)


Escolhendo o estilo:

 

Sem dúvidas o bolo é o destaque da mesa de doces... mas é justamente por isso que ele deve acompanhar a decoração e o estilo do casamento.


EF: Como os noivos podem demostrar a sua personalidade através do bolo?


Ivanilda Pinheiro : Geralmente o bolo mostra sua personalidade através dos detalhes e formas... Por exemplo, as noivas românticas gostam de bolos com rendas, bolos mais clássicos (#DicaEFCerimonial: nesses tipos de bolos a pasta americana combina muito bem), já aquelas que são mais arrojadas e moderninhas preferem optar por tendências mais retas e inovações.


Os estilos de bolos:


Clássico e atemporal: a melhor forma de definir esse bolo é a famosa frase “o clássico nunca sai de moda”, ele é atemporal, chique e elegante.

Esse tipo de bolo costuma ser todo branco e com detalhes e decorações mais tradicionais. Geralmente eles são feitos em tons brancos e Of White e é muito utilizada a pasta americana como base.



(Foto: GF Photos)


#DicaEFCerimonialO bom da pasta americana é que ajuda a manter o bolo durante a festa toda sem precisar refrigeração.

 

Falando nisso, perguntamos para a Verônica Felippe, quanto tempo um bolo de casamento pode ficar sem refrigeração?


Veronica Fellippe: O bolo merece sempre uma atenção, não lhe é dispensado nenhum cuidado extra, dedique um espaço para armazená-lo antes da cerimônia. Porém é importante frisar que o tempo máximo sem refrigeração e seguro são de 12horas. Antes deve se manter no ar condicionado ou se não dispor, manter num ambiente fresco e fechado até uma hora antes da cerimônia.  

É necessário entender que o bolo não pode ser exposto ao sol diretamente ou ficar em local fechado e abafado, os nossos queridinhos da linha naked ao serem expostos devem estar embaixo de coberturas e lugares frescos, quando a decoração não permite esta proteção devemos usar um modelo fake. Mas volto a frisar que os recheios hoje são bem preparados para aguentarem estas 12 horas de exposição sem refrigeração, mas com os cuidados acima mencionados, porém ao fim da cerimônia, o bolo não deverá  ficar mais exposto e o armazenamento após a festa ao ar livre  é  de extrema necessidade, devendo ser  congelado em pedaços pequenos. Assim não perderão  nenhuma fatia.

 

Naked Cake: esse estilo de bolo costuma combinar com casamentos mais rústicos e ao ar livre como na praia ou no campo (por aqui se tornou um dos queridinhos do momento). É um bolo “pelado”, ele não tem cobertura e o recheio fica totalmente a vista por conta disso acaba se tornando um bolo mais simples e leve.



(Foto: Love Shake)


EF: Mas, quantas fatias por andar se quiser um Naked Cake grande?

 

Alicia: Na minha opinião ele tem que ter a partir de três andares, menos do que isso acho que fica um bolo muito pequeno para casamento. Se for um Mini Wedding ou um Elopement Wedding vale, mas agora se for um casamento maior o ideal é que seja um bolo mais imponente. 

O menor com três andares que eu tenho tem 80 fatias e ai ele vai crescendo, 100, 120,160 fatias. O céu é o limite rsrs.

 

#DicaEFCerimonialPara aqueles que gostam de um bolo mais leve o Naked Cake é ideal, já que ele tem menos calorias que o bolo tradicional e não é enjoativo e para aqueles que são fãs do chocolate, fiquem tranquilos que ele fica M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O e sem falar do famoso bolo red velvet. 

 

Semi Naked: O bolo Semi Naked é muito similar ao Naked Cake, a diferença entre eles é que ele é espatulado com uma camada fina de cobertura mas ainda assim mantendo o bolo um pouco aparente. Esse bolo acaba tendo um ar mais similar ao tradicional, em uma versão mais moderna.



(Fotos: Guilherme Tonna) 


Ruffle Cakeo famoso bolo com babados! Esse bolo tem uma característica muito particular, ele tem uma textura plissada ao seu redor formando os babados. Esse bolo tem uma pegada mais clássica, ideal para aquelas noivas mais românticas.



(Foto: Candido Villela)


Nada tradicional: Quem disse que o bolo de casamento não pode ser colorido e diferente? Para aqueles que preferem sair do óbvio, ao invés de escolher aquela massa branca podem optar por algo diferente como foi o caso da Mari e Fernando que escolheram um bolo nada tradicional, mas sem perder a identidade do casal. 



(Foto: Caipora Fotografia)


Bolo Fake vs Bolo Original

 

O Bolo Fake surgiu para que justamente o bolo verdadeiro não fique exposto a noite inteira e assim não correr o risco de derreter e ficar com uma aparência estranha ou até mesmo estragar com o calor . Esse tipo de bolo possui suas vantagens e desvantagens, caso vocês tenham um número de convidados alto o bolo fake pode ser um grande aliado porque ajuda a cortar gastos, mas se forem fazer uma festa menor é melhor ficar com o bolo tradicional.


Vantagens:

- Mais resistente

-Não derrete (uma boa opção para aqueles que querem fazer casamento ao ar livre)

- Ideal para quem quer fazer bolos de muitos andares

- evita desperdício de bolo


Desvantagens: 

- Não permite fazer o famoso 1º corte

-Acaba se tornando um bolo muito comum

“Mas se estou usando um bolo fake, o que vou servir para meus convidados?” é aí que entra o  bolo de corte. Ele serve justamente para cortar e servir os convidados durante a festa.

                                         

EF: Como funciona o bolo Fake?

 

Ivanilda Pinheiro:O bolo fake facilita muito no transporte... é uma tendência que veio pra ficar e facilitar! Mas para casamentos ainda considero o bolo com a base de verdade e os andares superiores fakes, melhor...mais elegante, já que a noiva pode fazer o 1° corte sem fingir!

O nosso bolo fake é feito em açúcar, fazemos ao gosto do cliente e depois é descartado, já que não trabalhamos com aluguel depois...ele acaba melando!



(Foto: Erika Machado)


EF: Bolo de corte, acaba saindo mais barato?

 

Veronica FellippeO bolo de corte só ficará mais barato se os noivos optarem por um bolo fake decorado com o tamanho bem menor do que ficaria se fosse verdadeiro em relação a quantidade de fatias que precisariam de corte. Um exemplo claro seria: Uma cerimônia precisa dispor 100 fatias de bolo, se fossemos fazer o bolo todo verdadeiro na mesa dariam 3 andares com diâmetros específicos de acordo com a tabela de confeitaria, proporcional a 100 fatias.

Neste caso temos 3 possibilidades para economizar:

 1a. Opção: Fazer um bolo verdadeiro na mesa decorado proporcional a 50 fatias (2 andares) e 50 fatias de corte (que terão valor menor que o bolo decorado).

 2a. Opção: Fazer um bolo fake (proporcional a 50 fatias com dois andares) e 100 fatias de corte, esta proposta ficaria de igual valor com a 1a. opção. 

 3a. Opção: fazer um bolo verdadeiro decorado de um andar (com 30 fatias) na mesa e 70 fatias de bolo de corte, esta última possibilidade ficaria mais econômica em relação as duas primeiras opções. 

Mas fica o alerta, que a proporção do tamanho de bolo decorado na mesa tem que vir de comum acordo com o a decoração, o bolo precisa estar com tamanho compatível, para que não fique desproporcional. Então vai a super dica: consulte o decorador sobre as escolhas do tamanho do bolo. Porque desta forma ele harmonizará o espaço da decoração para receber o bolo tão sonhado pelo casal de noivinhos.


O famoso recheio:

 

Uma das dúvidas mais frequentes das noivas é: como escolher o recheio. Sabemos que as opções são muitas e que realmente é difícil escolher apenas um sabor (ainda mais depois de tantas degustações) mas o principal sempre é: escolham aquilo que vocês como casal mais gostam,as vezes podem até fazer uma combinação de sabores e adaptar o bolo mais com a cara de vocês.


EF: Como fazer para que os sabores combinem e quais são as combinações que nunca saem de moda?


Veronica Fellippe: Temos algumas bases de recheios que sempre harmonizam com as bases mais fortes, como o brigadeiro branco, brigadeiro branco trufado, brigadeiro, brigadeiro trufado, e nas opções de brigadeiros ainda podemos deixá-lo mais ou menos doce para que combine com outros. As opções de recheios devem ir de encontro com o ambiente escolhido pelo casal, caso os noivinhos optem por um salão fechado, as opções de recheios tradicionais ainda são muito utilizados, como nozes, baba de moça, damasco, amêndoas, avelãs, pistache, além de muitas vezes ainda serem molhados com licores.

Já as cerimônias em espaços abertos como jardins, beira de praia e piscinas, merecem uma atenção, pois os recheios a serem utilizados ficariam mais harmonizados se fossem utilizados uma base cítrica em uma de suas camadas, mais refrescantes, como morangos, abacaxi, damasco, ameixa, limão  siciliano . Estas bases muitas vezes preocupam por terem a fama de que estragam facilmente, mas não se preocupem, se optarem por ótimos profissionais em confeitaria, nunca terão qualquer problema. Talvez estejam se questionando como ter esta credibilidade acertada? O cerimonial é a chave, ele quem o indicará profissionais capacitados, confie em suas dicas, valem ouro.  

 

Alguns recheios que não saem de moda e que combinado com outros trazem uma harmonia perfeita:

- Geléia artesanal de morango com brigadeiro branco (o queridinho)

- Nozes e geléia artesanal de morango (a opção perfeita)

- Nutella e geléia artesanal de morango 

- Brigadeiro trufado com geléia artesanal de morango

- Pistache e brigadeiro branco

- Pistache e brigadeiro trufado

- Pistache e abacaxi (surpreendente!)

- Abacaxi e brigadeiro branco

- Limão siciliano e nutella

Enfim são infinitas combinações, os recheios tradicionais continuam em alta, não se preocupem, mas se combinados com os recheios refrescantes surpreendem e são inesquecíveis.


O bolo e sua decoração:


Na hora de definir a decoração do bolo tem que se levar em consideração que ela esteja de acordo com a festa, tudo deve estar em harmonia.


Flores: caso decidam escolher um bolo com flores elas devem ser as mesmas utilizadas na decoração inteira, dessa forma fica tudo em um mesmo contexto. Antes de tudo lembre-se de pesquisar muito bem, já que tem algumas flores que não são ideais para a decoração do bolo. Converse com seu decorador/ florista, ele certamente saberá o que pode ou não ser usado no bolo.


EF: se o bolo tiver decoração com flores, quem é responsável o florista da festa ou a boleira?

 

Ivanilda Pinheiro: Se a noiva preferir o bolo com flores naturais, a responsabilidade será do decorador...não trabalhamos com flores naturais! Trabalhamos somente com as flores de açúcar e em pasta (que nos são devolvidas ao fim da festa). As duas são produzidas pela própria.



(Foto: V bel cinema one)


#DicaEFCerimonialCaso a mesa do bolo esteja em um local fechado, não escolham flores muito perfumadas porque com o calor o cheiro pode ficar enjoativo e elas murcham mais rápido


Topo do bolo: detalhes que deixam o casamento mais personalizado! Antigamente era normal colocar os tradicionais bonequinhos, porem o topo do bolo ganhou novas versões como foto dos noivos, nomes e até peças de quebra-cabeça.




(Fotos: Lenine Serejo | Dueto Fotografia)


(Foto: Fer Suhett)


O bolo ideal:


As cerimônias na praia vem conquistando cada vez mais casais, mas qual é o bolo ideal para esse tipo de casamento? Perguntamos para nossas boleiras qual é o bolo ideal para casamentos na praia:


Ivanilda Pinheiro: O bolo ideal é aquele que a noiva bate o olho e o coração pulsa..."é assim que eu quero!"

Mas o indicado para eventos mais despojados, praianos...São os mais rústicos, florais, alegres e com menos informações.


Ivanilda Pinheiro Cake Designer

Instagram:  @ivanildapinheirocakedesign

Contato: (21) 3500-7336 / 98886-2640 / 98751-9919



(Foto: extraída do instagram)


Veronica Fellippe: Os bolos mais indicados são os naked cake, semi naked cake, espatulado e também em pasta americana (fake- nunca com bolo verdadeiro). Os bolos verdadeiros na mesa eu indico que não ultrapassem 4 andares, o perfeito sempre são 3 andares. Mas o desejo dos noivos sempre é a primeira opção, pois realizamos sonhos. As flores da decoração devem ser lindas, podendo ser arranjos imponentes ou os mais singelos. Quanto as flores são indicadas as naturais sempre, pois as flores em açúcar não suportam a umidade na noite e correm o risco de não ficarem estruturadas.  


Veronica Fellippe 

Instagram:@Veronicafellippe

Contato: (22) 997258787



(Foto: Aloha Fotografia)


Alicia: A moda agora  são os semi naked que seriam os bolos espatulados que tem aquela camada fininha de chantily, glace... enfim, que aparece um pouco a massa. Esse bolo não permite que a gente coloque um andar fake, por isso o ideal é que seja um bolo inteiro. 

O bolo ideal para bolos de casamento na praia são aqueles mais rústicos com uma pegada mais descontraída (naked cake, semi naked) já se o bolo for com pasta americana eu gosto daquele que é ruffle cake ou com decoração de flores. 

 

Doces da Alicia

Instagram:@docesdaalicia

Contato:  (22)99935-2774



(Foto: Guilherme Tonna)


A importância do bolo é mais que decorativa, ele é simbólico. Por isso escolha ele com muito carinho. Vai em nosso blog e confira mais dicas como essa.