Imagem capa - Casamento VS Meteorologia  por EF Cerimonial

Casamento VS Meteorologia

10 entre 10 casais tem uma mesma preocupação: a previsão do tempo no dia do casamento. Todos aqueles que sonham casar em Búzios tem o mesmo desejo: casar beira mar com um por do sol de tirar o folego... mas nem sempre isso é assim. Calma! Não é o fim do mundo, mesmo com um dia cinza pode ter certeza que o seu casamento vai ser incrível. Só tem que aceitar que nem sempre a meteorologia acerta, ter jogo de cintura pra lidar com os imprevistos que no final da tudo certo!


Mas, o que fazer nessas horas? Confira as dicas para driblar a situação e curtir a noite inteira sem se preocupar.


(Foto: Felipe Lannes)


Qual é o melhor mês para se casar?          

  

Para quem opta em se casar em Búzios tem que saber que dependendo da época do ano pode ter muito vento ou muitas chuvas, geralmente final de dezembro, janeiro e fevereiro (verão) vem acompanhado dos famosos “pés d´água” e viradas de tempo repentinas. O verão por ser época de dias muito quentes, pode ser desconfortável na hora da cerimônia ou da festa.

A época mais indicada e os melhores meses são abril e maio (outono), a luz natural é mais suave o que é excelente para as fotos na praia e as temperaturas são mais amenas, nem muito quente nem muito frio, dificilmente chove, ou seja, perfeito para um casamento ao ar livre. O mês de março marca o finalzinho do verão e início do outono e tem a fama de trazer muitas chuvas, como diz na linda canção “...São as águas de março fechando o verão...”.

Já a época do inverno é mais favorável para quem prefere o tempo mais friozinho, apesar da temperatura mais baixao tempo costuma ser mais firme durante o dia e  durante a noite, se tratando de Búzios, nada que um suéter de cachemir ou uma echarpe  não resolva, pois a intenção é que vocês e seus convidados aproveitem a pista de dança e façam a temperatura subir. Os meses entre agosto e novembro costumam ter ventos fortes o que acaba atrapalhando um pouco na hora da cerimônia, especialmente nas praias que ficam do lado norte da península como a Praia de Manguinhos ou Praia da Tartaruga.


(Foto Lenine Serejo)

(Foto: Fer Suhett)


detalhes de um casamento ao ar livre: 


O casamento ao ar livre sempre é uma das opções mais bonitas, mas podem surgir alguns imprevistos um pouquinho desagradáveis.

- Se for em dias de muito calor e pode haver mosquitos ou insetos que incomodem os convidados. A dica é colocar repelente nos kits toilets.

Sinalizar e iluminar o espaço para evitar acidentes e possíveis quedas. Se o espaço tiver piscinas um guarda-vidas de plantão é indispensável, principalmente se houver crianças no local.

- Cuidados com a escolha e refrigeração dos alimentos, fique atento se o seu buffet tem esse cuidado. Na hora de escolher o cardápio leve em consideração a época em que vai se casar, evite produtos que podem estragar com facilidade devido ao calor. Para as estações fixas como mesas de frios e mesa de doces e bolo, prefira posicionar em locais cobertos e mais frescos.

Caso tenha muito sol no dia (especialmente se vocês decidirem realizar o casamento no verão) vocês podem optar por dar sombrinhas ou leques para os convidados e padrinhos, dessa forma vão evitar que o não passem muito calor e não sofram com o sol direto na cabeça. 




(Fotos: Guilherme Tonna | Fabio Ferreira)


Plano B: 


Para aqueles que decidem casar ao ar livre sempre devem levar em consideração que existe sim uma chance que a meteorologia não acerte completamente, por isso a dica é se programar para a contratação de cobertura (especialmente para aqueles lugares que não tem espaço coberto).

Esse serviço as vezes é um pouco fora do orçamento, mas vai garantir segurança caso o tempo decida mudar de uma hora para a outra e se vocês ainda querem conservar o visual do espaço escolhido, podem optar por uma tenda transparente cristal.

Muitos acham que colocando uma tenda no lugar vai estragar a beleza da festa, mas aí o decorador deve entrar em ação e deixar tudo harmonioso e com a cara dos noivos! Então não se preocupem, melhor prevenir do que deixar que a chuva ou os ventos fortes estraguem a festa.



(Foto: Love Shake)


E se chover do nada?


As vezes o plano b não é suficiente, o mau tempo pode aparecer do nada e achar que estragou tudo! Mas é nesses casos que a gente vê a importância de ter um bom cerimonialista no dia, então relaxe e tente não surtar (ou surte, mas um pouquinho só) deixe nas mãos dos profissionais que você contratou, com certeza vão saber o que fazer nesse momento.

Todo bom cerimonialista sempre tem uma carta embaixo da manga para evitar que o dia se transforme em uma catástrofe. Se começar a chover no meio da cerimônia uma boa solução é realizá-la com guarda-chuvas! Pode parecer estranho e achar que nas fotos vai ficar feio, mas vocês se enganam. O resultado acaba sendo muito mais lindo do que imaginam. Geralmente quando isso acontece é colocado um guarda-chuva no casal e outro no celebrante e assim prosseguir com a cerimônia.

Mas lembrando que tudo vai depender dos noivos, são eles que comandam e a decisão final é deles. As vezes simplesmente decidem casar embaixo de chuva ou até interromper e aguardar que o tempo melhore.  



(Foto: Guilherme Tonna)


(Foto: Dan Cabral)


Sabemos que uma mudança de tempo inesperada é difícil de controlar, pode acontecer e não tem muito o que fazer, apenas confiar e aceitar o dia como ele é. Pode ser que o casamento não fique exatamente como vocês sempre sonharam, mas a maior dica é relaxar e aproveitar o dia.