Imagem capa - Em Homenagem Aos Pais: Como Incluir o Pai no Dia do Casamento por EF Cerimonial
Dicas

Em Homenagem Aos Pais: Como Incluir o Pai no Dia do Casamento

Mas, o que significa ser pai?

Ser pai é ser a mão amiga que nos acompanha, os ouvidos atentos aos nossos gritos, o beijo suave na bochecha que acalma as nossas tristezas, o forte abraço de orgulho, os olhos marejados quando lhe damos alegrias, é aquele que mudou toda a sua vida para nos dar a nossa e muitas vezes se sacrifica para dar o melhor. Isso queridos pais, é admirável.

Por isso, ainda envolvidos nas comemorações desta data tão especial, pensamos em algumas maneiras de como homenagear os pais no dia do casamento!

Além de te conduzir até o altar (também válido para os noivos), porque não fazer com que ele participe da organização, ou até mesmo fazer uma bela homenagem no dia da cerimônia?

Antigamente a única função do papai no casamento era contribuir financeiramente com o casamento da filha amada e “perde-la” para o seu novo amor. Mas, atualmente, as coisas mudaram (ainda bem!) e existem outras formas de participar do casamento.



(Foto: Evandro Domingos)


Segura minha mão:


Os pais são extremamente importantes no dia do casamento, ele é o responsável em conduzir a noiva ao altar e “entregá-la” para o noivo. Lembrem-se, eu sei que esse é o momento em que vocês noivas, ficam mais tensas, a entrada é surpreendente, mas a pessoa ao seu lado, também está emocionalmente envolvida, seja sempre carinhosa, gentil e atenciosa, tirar alguns segundos para dizer um “obrigado” ou “eu te amo” vai mudar tudo.

Mas não somente pode ser a entrega diretamente ao altar, ele pode te acompanhar durante o trajeto para a cerimônia. Vai ajudar a descontrair e acalmar os nervos.

Para aqueles pais que já não estão mais presentes, algumas noivas gostam de representá-lo através do irmão mais velho, avô, tio e principalmente a mãe. Já ouviram falar sobre “CAMAFEU”? Do Latin, Pedra Preciosa, nos dias de hoje, representado por uma medalha que carrega a foto de alguém que amamos e já se foi. As Noivas em sua maioria prendem a medalhinha ao buquê para que o pai, que hoje não está mais entre nós, possa acompanha-la até o altar.



(Foto: Guilherme Tonna)



(Fotos: Emiliano Féo | Guilherme Tonna)


(Foto: V rebele cinema one)


A grande fala!


O grande discurso, o momento esperado. Podem perguntar se ele tem interesse em fazer um discurso emocionante (ou quem sabe fazer uma piada, jogar uma indireta direta para o genro rsrs). Aposto que ele vai adorar ter a voz no dia e expressar o que sente nesse momento.



(Foto: Guilherme Tonna)


Uma listinha de tarefas


Alguns pais são extremamente organizados, então porque não pedir uma ajudinha na hora de organizar as tarefas de casamento? As vezes vão ficando algumas coisinhas pra trás ou até mesmo algumas questões burocráticas (que são chatinhas, mas essenciais), perguntar se ele pode te ajudar em algumas dessas tarefas é uma opção bacana. Não necessariamente vai te acompanhar tudo, mas é sempre é bom ter um conselho de pai.


(Foto: Fabio Calderaro)

A grande escolha


Para os noivos, caso tenham intimidade com o pai (e se não tiver, é uma boa hora para se aproximar mais) porque não levá-lo para te ajudar a escolher ou até te dar uma opinião sobre o terno de casamento. Além da companhia e ajuda, ele vai ficar feliz em te ver vestido de noivo pela primeira vez, pode ser um momento emocionante e marcante para os dois.


(Foto: Aloha Fotografia)


Reconhecimento em Forma de Presente:


Pai é o responsável por cuidar, apoiar e educar os filhos. No caso das noivas, ele é o primeiro homem da vida delas e aquele que aprenderam a amar primeiro. Por isso é bom valorizar a presença deles no casamento, podendo ser homenageados com algum presente dado por vocês. Que tal uma joia com as inicias gravadas ou um kit pai com direito a whisky e charuto e para aqueles que ficaram um pouco mais nervosinhos com tudo isso do casório, porque não optar por um spa day após a cerimônia?



(Foto: Guilherme Tonna)


A escolha das bebidas:


Tem sempre aquele pai gosta de beber, isso é fato (especialmente whisky rsrs), então sua ajuda na hora da escolha das bebidas é uma boa maneira de fazê-lo participar e provavelmente ele sabe muito mais do que vocês sobre bebidas, marcas e tipos, é perfeito! 



(Foto: Max Schwoelk)


A companhia para a degustação


Como já falamos outras vezes fazer degustação antes de fechar o buffet é muito importante. Muitas vezes os noivos costumam levar os pais, uma opinião extra sempre é bem-vinda e quem melhor do que eles para ajudar a decidir o menu.

Mas lembre-se, antes de levar os pais para a degustação do buffet é bom avisar com antecedência. As vezes eles não estão preparados para receber visitas extras e acabam levando para a degustação somente o suficiente para os noivos.



(Foto: Lenine Serejo)


Sabemos que os pais são uma base muito importante para os noivos. Eles vão ajudar a escolher e participar do grande dia! Nossos eternos super-heróis.

Esperamos que essas dicas te ajudem a incluir seus pais na organização do casamento, assim ele fica por dentro de “tudo” e vai se sentir muito mais confiante e grato no grande dia 😊.